EMEIEF PAULO FREIRE

PROJETO PÁSCOA FELIZ /TEMA: “O VERDADEIRO SENTIDO DA PÁSCOA”

17/01/2011 13:48

 

 

ESTADO DE RONDÔNIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BURITIS

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE

E.M.E.I.E.F PAULO FREIRE

Rua Marechal Hermes da Fonseca, nº 1380 Setor 02 CEP 76880-000

 

 

 

 

 

 

PROJETO PÁSCOA FELIZ :

TEMA: “O VERDADEIRO SENTIDO DA PÁSCOA”

 

 

 

VIDA NOVA

 

 


 

                                                                                                  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BURITIS- MARÇO /2010

 

Valdívio Simões do Nascimento

Diretor Escolar

 

 

 

 

 

 

 

Andréia Paro do Nascimento 

Vice-Diretora Escolar

 

 

 

 

 

 

Equipe Pedagógica

Marilei de Oliveira Bastos

Marinete Correa de Souza

Ocilene Gonçalves Soares do Nascimento

Ormezinda Célia Dias

Coordenação do Projeto

 

 

 

 

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

 

1.1. E.M.E.I.E.F PAULO FREIRE

Rua Marechal Hermes da Fonseca, nº 1380 Setor 02

Fone : 3238-2759

CEP 76880-000

 

1.2. TÍTULO: PASCOA FELIZ

 Tema: “SEMANA DA PÁSCOA”

 

1.3. CLIENTELA ATENDIDA

Todos os educando regularmente matriculado nesta instituição e funcionários.

 

 

1.4. EXECUTORES DO PROJETO

Equipe administrativa e pedagógica – corpo docente

1.5. PERÍODO DE EXECUÇÃO

De 26/03 a 01/04/2010

 

1.6. PARCEIROS DO PROJETO

Instituições Religiosas

 GUASCOR  (Responsável pela usina de geração de energia elétrica - unidade de Buritis)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2- RESUMO:

2.1- ALUNOS ( AS)

TOTAL DE ALUNOS (AS)

MASCULINO

FEMININO

646

321

325

 

2.2- FUNCIONÁRIOS (AS)

 

TOTAL DE FUNCINÁRIOS (AS)

MASCULINO

FEMININO

43

10

33

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Celebrar a páscoa é compreender a nossa própria capacidade de transformação, de mudança, de renovação, de recomeço... Acreditando que DEUS é o senhor da nossa existência. (autor desconhecido)

 

3- JUSTIFICATIVA

 

             Durante os dias de 26/03 a 01/04/2010 a Escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental Paulo Freire estará trabalhando o Projeto “Páscoa Feliz” onde será abordado o verdadeiro sentido da Páscoa que traz uma proposta de transformação constante em nossa vida.

Apesar do tema ser propicio para um momento de reconstrução interior, de reflexão de formação de caráter e de personalidade voltada para a Justiça, a Verdade, o Amor, a Fraternidade e todos os valores humanos que permeiam a nossa vida a partir do cristianismo, não se pode negar a influência social dos meios de comunicação, principalmente, no incentivo ao “consumismo” que já faz parte da cultura contemporânea, é inerente aos costumes de nossa época.

Sendo assim, buscando o equilíbrio entre consumo e cultura, torna-se necessário a junção desses valores, culturais, sociais, religiosos, históricos considerando os símbolos da páscoa com significados, dentre eles o CHOCOLATE.

Apesar da busca por realizar um trabalho de qualidade, considerando todas as áreas da formação do sujeito (intelectuais, cognitivas, sociais, culturais e etc) indo além das paredes da escola, uma escola pública, como é o caso, não consegue por si só dar conta das demandas necessárias para fazer o mínimo pelos alunos. A considerar a situação socioeconômica conforme pesquisa realizada pela escola (ainda em processo de tabulação) já se pode afirmar que a renda per capta de nossos alunos está abaixo dos que são considerados pobres ou extremante pobres. (Pobres: R$ 120,00 per capta e extremante pobres: R$ 60,00 per capta) 

Considerando todo cenário exposto a cima é que a escola em questão, solicita doação de caixas de bombons ou barras de chocolates para o dia 01/04/2010 tendo em vista que a escola atende um total de 646 (seiscentos e quarenta e seis) alunos (as) sendo 325 ( trezentos e vinte cinco) meninas e 321 (trezentos e vinte e um) meninos numa faixa etária entre 5 (cinco) e 12 (doze) anos legalmente matriculados nessa escola e 43 (quarenta e três ) funcionários, sendo 10 (dez) do sexo masculino e 33 (trinta e três) do sexo feminino.

Assim, pode-se proporcionar momentos de alegria, de igualdade e de inserção de todos a um mesmo contexto social, cultural e religioso levando-os a se sentirem parte do mundo em que vive, percebendo-se valorizados, despertando potencialidades para participar da construção de sua própria história.

“Só conheceremos os efeitos de nossos atos se formos capazes de realizá-los.”

 

 

 

 

 

 

 

        

 

4- OBJETIVO GERAL

Comemorar com palestras e confraternização a PÁSCOA  

4.1- OBJETIVOS

 

√ Para o aluno:

I.              ampliar conhecimentos sobre valores humanos;

II.            valorizar aprendizagem nos diversos campos do saber;

III.           formar novas atitudes e valores com respeito a sí e ao outro;

IV.          confraternizar e alegrar –se com as comemorações da PÁSCOA.

 

√ Para escola:

I.              enriquecer a prática docente;

II.            proporcionar momentos de confraternização;

III.           proporcinoar momentos específicos de interação entre discentes, docentes e demais funcinários;

 

√ Para os parceiros:

I.              contribuir posibilitando a realização da distribuição dos bombons e/ou chocalotes;

II.            valorização de novas atitudes e valores.

 

 

5- DESENVOLVIMENTO

Do dia 26/03 ao dia 01/04/20010 serão desenvolvidos vários tipos de atividades de caráter educativo sob uma abordagem com o foco nos valores humanos considerando a tema que é a PÁSCOA. Resgatar o verdadeiro sentido da Páscoa utilizando de uma linguagem simples, de fácil compreensão considerando a faixa etária dos alunos. As atividades apontadas desenvolver-se- á através de parceria com as entidades sociais, e religiosas do município de Buritis. As palestras serão previamente agendadas com os responsáveis de cada Instituição Religiosa visando atender os objetivos do projeto. Os professores e a equipe pedagógica estarão desenvolvendo atividades em sala sobre o assunto abordado, objetivando enriquecer as ações.

Serão distribuídas lembrancinhas para todos os alunos (as).

 

 

 

 

 

 

 

6- CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO DO PROJETO

 

ATIVIDADES

PERÍODO

Escrita do projeto

15/03/2010

Busca de parcerias

15 a 16/03/2010

Apresentação do projeto para os profesores

16/03/2010

Escolha da lembrancinha a ser confeccionada

17/03

Confecção das lembrancinhas

18 a 31/03/2010

Execução do projeto

De 26/03 a 01/04/2010

Abertura das comemorações (Direção da escola e equipe pedagógica)

Tema: A Páscoa na escola.

26/03

Horario:

Mat.: 7:15 - Vesp.: 13:15

Igreja Batista às Nações.

Tema: O que é páscoa?

29/03

Horario:

Mat.: 7:15 à 8:15   Vesp.: 13:15 à 14:15

Extensão:

Mat.: 8:30 à 9:15 Vesp.: 13:30 à 14:15

 

Igreja Batista Nacional Shalon.

Tema: Por que se comemora a Páscoa?

29/03

Horario:

Mat.: 7:15 à 8:15 Vesp.: 13:15 à 14:15

Extensão: 

Mat.: 8:30 à 9:15 Vesp.: 13:30 à 14:15

 

Igreja Adventista

Tema: A páscoa e a criança nos dias atuais.

30/03

Horario:

Mat.: 7:15 à 8:15 Vesp.: 13:15 à 14:15

Extensão:

Mat.: 8:30 à 9:15 Vesp.: 13:30 à 14:15

 

Igreja Católica 

Tema:   A Páscoa: Educação e valores.

31/03

Horario:

Mat.: 7:15 à 8:15 Vesp.: 13:15 à 14:15

Extensão:

Mat.: 8:30 à 9:15   Vesp.: 13:30 à 14:15

Encerramento do projeto (Apresentação das turmas – teatro, musica, coreografias e etc) distribuição das lembrancinhas e outros

01/04

Periodo integral

de cada turno

Avaliação do projeto (relatório)

05/04/2010

7 - RECURSOS

 

Materiais

Sonorização

Livros

Apostilas

Papel sulfite

Giz

Cadernos

Canetinhas hidrocor

Lápis de cor

Mapel kraft

Cartolinas

E.V.A.

Balas ou pirulitos

Cola glitter

Cola branca

 

 

Humanos

Corpo Docente

Corpo discente

Parceiros

 

 

8 - AVALIAÇÃO

 

 

O Projeto Páscoa Feliz ” será avaliado pelos docentes, discentes e equipe pedagógica e administrativa logo após o desenvolvimento de todas as ações com o objetivo de verificar o grau de participação dos envolvidos, bem como dos resultados alcançados. A avaliação servirá como instrumento para a melhoria dos próximos projetos a serem desenvolvidos na escola.

 

 

 

 

 

 

9- REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

 

 

1-    PCN (Parâmetros Curriculares Nacionais) – Ministério da Educação – Ensino Fundamental.

2-    Perrenoud, Philippe. Ensinar: agir na urgência, decidir na incerteza; Philippe    Perrenoud; trad. Clãudia Schilling. Porto Alegre: Artmed Editora, 2001. Educação – Ensino – Formação de Profesores.

3-    Arquivos de Projetos da própria escola.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Back

Search site

© 2011 All rights reserved.

How to build a free website Webnode